Lady Val

Lady Val

BEM VINDOS!

"Sou de onde o vento me levar. Nos quatro cantos do mundo
Sempre vou estar *Poema" "As Bruxas"

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Pêndulos!

 O pêndulo !
A física define pêndulo como sendo “uma massa suspensa por um fio flexível”. Por esta definição pode-se deduzir que a falta de um pêndulo usado em radiestesia, o operador pode usar qualquer objeto preso a qualquer fio flexível.
Algumas pessoas sensíveis são capazes de obter bons resultados com pêndulos feitos com alianças, pedaços de metal, tocos de velas, etc.
Alguns preferem pêndulos mais pesados. O pêndulo pode ser feito de qualquer material, dando-se preferência aos materiais naturais e não magnéticos.
O fio de suspensão pode ser metálico (tipo corrente) ou de qualquer outra natureza e não devem ser torcidos para não provocarem ro


tação do pêndulo em torno do seu eixo.
O fio pode ser de qualquer cor, mas o de cor preta é preferível, pois as cores interferem na pesquisa radiestésica. A cor do pêndulo deve ser a do próprio material de que é feito. Para principiantes recomenda-se o pêndulo esférico de madeira (D = 3 cm) com um fio de 20 a 30 cm.O pêndulo deve ser seguro com o polegar e o indicador, sem apertar o fio, com a palma da mão para baixo e o braço bem relaxado na horizontal. O fio deve ser regulado antes de qualquer operação.


Basicamente, existem três tipos de movimento do pêndulo: rotação no sentido horário (reação positiva), rotação no sentido antihorário (reação negativa) e oscilação (reação neutra). Por convenção diz-se que o primeiro movimento (giro horário) denota uma resposta afirmativa ou algo favorável, salutar ou positivo. O segundo giro (giro anti-horário) denota o inverso do primeiro e o último (oscilação) denota ausência de resposta ou algo indiferente ou neutro. Da oscilação ou rotação (ou giro) o pêndulo descreve movimentos de transição em forma de elipse ou de “8”. Estes movimentos não têm significado próprio, devendo-se aguardar que o pêndulo entre em rotação franca ou volte a oscilar.
http://zhenjiu.com.br

Nenhum comentário: