Lady Val

Lady Val

BEM VINDOS!

"Sou de onde o vento me levar. Nos quatro cantos do mundo
Sempre vou estar *Poema" "As Bruxas"

terça-feira, 30 de outubro de 2012

DIA DAS BRUXAS ou HALLOWEEN?








A origem pagã do Halloween tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos.





A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) 


acabou mesclando a cultura latina com a celta, sendo que 

esta última acabou minguando com o tempo.



31 de outubro comemorado o Dia das Bruxas

Em fins do século II, com a evangelização desses territórios, 


a religião dos Celtas, chamada druidismo, já tinha 

desaparecido na maioria das comunidades.




Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se 


escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de 

geração para geração. Sabe-se que as festividades do 

Samhain eram celebradas muito possivelmente entre os dias 

5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de 

verão e o solstício de inverno).

Eram precedidas por uma série de festejos que duravam 


uma semana, e davam início ao ano novo celta. A “festa dos 

mortos” era uma das suas datas mais importantes, pois 

celebrava o que para nós seriam “o céu e a terra” (conceitos 

que só chegaram com o cristianismo).




Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de 


felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. A festa 

era celebrava com ritos presididos pelos sacerdotes druidas, 

que atuavam como “médiuns” entre as pessoas e os seus 

antepassados.

Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam 


nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus 

familiares rumo ao outro mundo.

A relação da comemoração desta data com o “Dia das 


bruxas” propriamente dita teria começado na Idade Média no 

seguimento das perseguições incitadas por líderes políticos 

e religiosos, sendo conduzidos julgamentos pela Inquisição, 

com o intuito de condenar os homens ou mulheres que 

fossem considerados curandeiros e/ou 
pagãos.





Todos os que fossem alvo de tal suspeita eram designados 


por bruxos ou bruxas, com elevado sentido negativo e 

pejorativo, devendo ser julgados pelo tribunal do Santo 

Ofício e, na maioria das vezes, queimados na fogueira nos 

designados autos-de-fé.


A Roda do Ano é o que simboliza a concepção de tempo 


dos pagãos, principalmente dos wiccanos. Os Sabbaths 

ocorrem oito vezes ao ano, levando-se em conta a posição 

da Terra com relação ao Sol: Equinócios e Solstícios. Por 

isso, as celebrações são consoante a nossa localização, por 

exemplo, no Hemisfério Norte celebra-se em 31 de Outubro 

o Samhain e no Hemisfério Sul o Beltane.

Samhain nos dias de hoje





Os praticantes de diversas religiões inclusive neopagãs 


celebram-no, como por exemplo a Wicca. Ele é celebrado no 

dia 31 de Outubro no hemisfério norte e 30 de abril no 

hemisfério sul. Essa diferença existe porque as estações são 

invertidas de um hemisfério para o outro.

Esta é a primeira e ultima celebração do ano wiccano pois é 


quando o ano acaba e começa (nota que o ano celta é 

cíclico).


Os Celtas não acreditavam em demónios, mas determinadas 


entidades magicas eram consideradas hostis para os 

humanos, seus animais e colheitas. Deste modo muitas 

pessoas pregavam partidas aos seus vizinhos, desde trocar 

os gados, por figuras humanoides em locais para assustar, 

ao qual se tornou muito famosa a Jack o’Lantern ou a 

famosa abóbora iluminada de Halloween.

Beltane nos dias de hoje




Oposto ao festival Samhain, o Beltane é um festival da 


fertilidade, simbolizando a união entre as energias 

masculina e feminina, onde os pagãos comemoram o 

casamento dos Deuses.

Durante o festival, eram acesas fogueiras nos topos dos 


montes e lugares considerados sagrados, sendo um ritual 

importante nas terras Celtas. E como tradição, as pessoas 

queimavam oferendas como, por exemplo, totens ou animais 

para que o poder do fogo fosse passado ao rebanho e, 

pulavam as fogueiras para que se enchessem das mesmas 

energias poderosas.

Representa o início do Verão e marca a morte do Inverno, 


sendo comemorado com danças e banquetes. Ocorre em 1 

de maio no Hemisfério Norte e 1 de novembro no Hemisfério 

Sul.






Nenhum comentário: