Lady Val

Lady Val

BEM VINDOS!

"Sou de onde o vento me levar. Nos quatro cantos do mundo
Sempre vou estar *Poema" "As Bruxas"

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A Bruxa Solitária e a Deusa Mãe


A Bruxa Solitária



A bruxa solitária trabalha sozinha. Por ser solitária, ela e tem o poder de decisão quanto ao tipo de ritual, vestimenta, etc. e desempenha todos os papéis de um coven completo.
O que é uma bruxa ou bruxo?

São homens e mulheres que vivem com princípios pagãos e adotam o extraordinário como parte integrante de suas vidas. São pessoas que optaram por ter uma vida diferente, que reverenciam a natureza e os elementos e não tem medo de se assumirem como são e nem vergonha de serem como são.

.A natureza é o templo da Bruxa (o), e neste templo se pratica o grande culto à Deusa, que é representada pela Lua.

As Bruxas(o) não adoram o diabo e nem praticam o mal.



 Deusa-Mãe

O período neolítico não conhecia deuses - vigorava o matriarcado, com a Deusa-Mãe. O conceito de paterno inexistia e a moral, a ciência e a religião ocupavam a mesma esfera. Com a instituição do patriarcado, o cálice foi derramado através da espada, relegando o elemento feminino. Com o fim da era de Peixes, tipicamente masculina, o reinado feminino retorna em Aquário para resgatar Sofia, o arquétipo da Sabedoria. Assim como o Taoísmo primitivo, todas as religiões ancestrais visualizavam o Universo como uma generosa Mãe. Nada mais natural: não é do ventre delas que saímos? De acordo com o mito universal da Criação, tudo teria saído dela. 




Entre os egípcios, era chamada de Nuit, a Noite. "Eu sou o que é, o que será e o que foi. Para os gregos era Gaia - Mãe de tudo, inclusive de Urano, o Céu. Entretanto, ela não era apenas fonte de vida, como também senhora da morte. O culto a Grande- Mãe era a religião mais difundida nas sociedades primitivas. Descobertas arqueológicas realizadas em sítios neolíticos testificam a existência de uma sociedade agrícola pré-histórica bastante avançada, na região da Europa e Oriente Médio, onde homens e mulheres viviam em harmonia e o culto à Deusa era a religião. Não há evidências de armas ou estruturas defensivas, onde se conclui que esta era uma sociedade pacífica. Também não há representações, em sua arte, de guerreiros matando-se uns aos outros, mas pinturas representando a natureza e uma grande quantidade de esculturas representando o corpo feminino.

Nenhum comentário: